SOU VIP

Capitólio

A nossa e a sua cidade !

A história de Capitólio, em Minas Gerais, começou a ser desenhada por volta de 1800, quando surgiram, na região de Capitólio, conhecida como “Mata do Rio Piumhi”, dois portugueses, Machado de Faria e Gonçalves de Morais. O potencial das matas, praticamente intocadas, chamou a atenção dos estrangeiros que foram os primeiros exploradores da região.
 
Após alguns anos de investimentos, na agricultura do lugar, pelas famílias dos primitivos portugueses e dos tropeiros, as matas do Rio Piumhi já haviam se transformado em bonitas e produtivas fazendas, nas primeiras décadas do século XIX. O movimento e o comércio na região aumentavam de forma galopante.
 
Por volta de 1830, vieram os primeiros moradores para a região onde se desenvolveu a cidade. Trata-se de três irmãos: João Francisco, Manoel Francisco e Antônio Francisco, considerados os fundadores do povoado que originou Capitólio. A partir de então um povoado foi surgindo, nascendo assim o “Arraial dos Franciscos”, primeiro nome dado ao lugar onde está a cidade de Capitólio, em homenagem aos antigos donos das terras. Esse Arraial era conhecido, também, como “Arraial dos Cabeças”, não somente porque os Franciscos eram os principais líderes (cabeças) do lugar, como também, ao que diziam, eram homens de cabeças muito grandes.
 
Em 1893, chegou ao Arraial dos Franciscos o fazendeiro Pedro Messias da Cunha, que se instalou nas imediações do arraial, adquirindo grandes proporções de terra. Em1895, doou à comunidade um terreno para construção de uma capela, que ele mesmo ergueu em honra a São Sebastião, padroeiro da cidade. Daí em diante o arraial ficou com o nome de “Arraial de São Sebastião dos Franciscos”.
 
São Sebastião dos Franciscos foi elevado à categoria de distrito em 7 de setembro de 1923, por uma lei que criou o Distrito de Capitólio, desmembrando-o do município de Piumhi e o anexou ao de Guapé.
 
Em 1939, o Distrito de Capitólio foi elevado à categoria de vila, Vila de Capitólio. Depois de uma tentativa fracassada, em 1943, Capitólio conseguiu sua independência político-administrativa no dia 27 de dezembro de 1948, transformando-se em Município de Capitólio.

 

Referência Bibliográfica: Livro Capitólio em Prosa e Verso
Adil Ranier Alves & Sinval Alves de Melo

O que devo saber ?

Bancos

Por ser uma pequena cidade, os principais bancos não possuem instalações ou correspondente bancários. 

O correspondente bancário e agência presente na cidade é o Bradesco e Sicoob respectivamente.

As demais instituições financeiras estão localizadas a 40 km e 76 km, respectivamente na cidade de Piumhi e Passos.

telefonia móvel

Aos fins de semana de alta temporada, que se inicia em Setembro e Término na Semana Santa, o sinal de operadoras de telefonia móvel fica muito prejudicado, tudo isso em decorrência da maior concentração de pessoas e dispositivos móveis na região.

Máquinas de cartão de crédito e dispositivos móveis que dependem dessa tecnologia funcionam precariamente.